domingo, 24 de outubro de 2010

Lançado em agosto de 2010, o Movimento Empresarial pela Conservação e Uso sustentável da Biodiversidade surge no contexto da Convenção sobre Diversidade Biológica das Nações Unidas. Um grupo de empresas, entre elas a Natura, reuniu-se com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, na sede da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, para apresentar uma minuta da Carta Empresarial pelo Uso sustentável da Biodiversidade e convidar outras empresas e a sociedade para a construção colaborativa desta carta:

A Organização das Nações Unidas declarou 2010 como o Ano Internacional da Biodiversidade, com o objetivo de trazer ao debate público global a importância da conservação da diversidade biológica em todo o mundo. O homem é um dos elementos que compõem a biodiversidade e também está exposto aos efeitos adversos dos impactos causados sobre os ecossistemas.

Os ecossistemas têm papel fundamental na manutenção do equilíbrio climático global e a biodiversidade desempenha diversas funções nos processos aturais, estando ambos associados à manutenção da vida no planeta e ao potencial de adaptação dos seres vivos, incluindo o próprio homem, às mudanças climáticas. Os atuais padrões de produção e consumo têm sobrecarregado os serviços ecossistêmicos e alcançado os limites dos ciclos da natureza, indispensáveis à estabilidade do planeta. Esse cenário coloca em risco o equilíbrio e a própria viabilidade da vida na Terra, sendo a ação do homem responsável pelas crescentes taxas de extinção de espécies e pela alteração de ecossistemas.
(...)
(Trecho da CARTA EMPRESARIAL PELA CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA BIODIVERSIDADE)

A Carta Empresarial
Processo de Elaboração da Carta
Empresas Signatárias

Nenhum comentário:

Postar um comentário